Curta

18 de abr de 2013

Verdadeiros(as) Guerreiros(as)




Olá a todas, queridas Mães!

Vida de mãe já é corrida.

Solteira, então?! Nem se fala...

Como o dia das mães está chegando (mais uma vez) resolvi dar um pulo aqui para ver como as coisas estão indo.

Bem, um Blog não se autogere, não é?

Então percebi que estão bem paradas...

E antes de falar qualquer coisa sobre dia das mães que se aproxima e etc., vou contar a última do meu rebento.

Lipe é meio de lua, sabe.

Para não dizer que é mimado e dengoso, digo que tem personalidade forte.

E hoje foi um dia no qual ele quis impor sua personalidade.

Na entrada da escola – já está no 1º ano – ele simplesmente começou a espernear e chorar e dizer que não iria ficar.

Conhecendo meu rebento sabia que ali se colocava uma questão muito maior que simplesmente entrar ou não na escola. Era a vontade dele de querer tudo na hora que lhe aprecia contra reconhecer que existem regras sociais a serem seguidas.

No meio da nossa luta subjetiva, a tia da escola, tentando convencê-lo a ficar argumentava que quem não estudava limpava chão e soltou a questão:

- O que o seu pai faz?

Claro que eu sei que a intenção dela foi a melhor possível! 

Lipe iria dizer que o pai era médico e ela usaria como exemplo de dedicação aos estudos e a escola, entretanto não coube.

Eu:

- Ele não conhece o pai – cara de “e agora, José?”

Sorte que meu rebento estava preocupado demais em buscar uma saída na sua luta desesperada pela fuga e nem se atentou a pergunta.

Mas são situações que nós teremos que lidar durante a vida de nossos filhos, isso é, caso o seu, assim como o meu, não conheça o pai.

Mais do que isso: são situações as quais nossos filhos terão que aprender a lidar.
E creio que nem sempre será fácil...

Então termino hoje dizendo que nós nos autoafirmamos dizendo que somos guerreiras, mas os verdadeiros guerreiros e guerreiras são nossos filhos e filhas que desde muito cedo terão que aprender a lidar com situações delicadas pelas quais a maioria de nós, mães solteiras, não passamos.



#criandosereshumanos!