Curta

4 de jan de 2012

Ano novo para renovar esperanças!



Feliz Natal!

Feliz Ano Novo!

Desculpem não ter vindo aqui antes desejar um bom ano, mas alguns problemas técnicos impediram-me de desejar-lhes tudo o que há de melhor no universo.

Mas o ano ainda está começando e dá tempo de desejar que as batalhas sejam vencidas, mesmo que com dificuldades e que no final possamos dizer:

- Essa foi uma guerra que valeu a pena lutar!

Tudo bem que guerra remete a destruição, mas se formos analisar historicamente, elas sempre trouxeram avanços significativos para a humanidade. 

Não me cabe julgar se foram bons ou não, mas o que quero desejar é que o sentimento de vitória possa nos encontrar e que possamos ver que a batalha de hoje, por mais dolorida que tenha sido, valeu cada gota de sangue e suor e lágrimas, pois a recompensa vale uma vida!

Para não perder o costume da falácia, vamos lá:

Me dei conta hoje que há cinco anos não vejo uma passagem de ano com direito a fogos de artifício e champanhe – ou espumante.

Minhas viradas de ano têm sido passadas velando o sono de meu pequeno e precioso rebento, que insiste em apagar e nem se incomodar com os fogos e toda a barulheira – dorme o sono dos justos.

Poderia reclamar que não comemoro como antes, que isso não me pertence mais, mas quer saber?

Agrada-me por demais dar um beijo de feliz ano novo enquanto ele sonha.

E ele vai continuar crescendo e tenho fé que um dia será que vai tentar me manter acordada para poder curtir a festa da virada.

Que nesse novo ano possamos encontrar paz, saúde, equilíbrio e tranqüilidade. 

E sabedoria para que possamos criar nossos filhos para o mundo e para um futuro melhor.


Um comentário:

  1. A minha filha tem 1 ano e 10 meses, mas sempre foi festeira. Minha virada de ano teve direito a fogos e só valeu a pena pela alegria dela. Me diverti muito vendo seus olhinhos brilhando, seus bracinhos esticados pro céu, e seu sorriso assustado com os fogos mais fortes. Dei risada ouvindo ela dizer "opa! opa!" a cada explosao. Acho muito interessante como cada criança tem sua personalidade.

    Adorei seu blog, ganhou uma seguidora!

    ResponderExcluir

Meta a mamadeira!